Secretarias Administração Assist. Social Desenv. Econômico Educação e Cultura Esporte e Lazer Finanças e Planejamento Gabinete Obras Saúde Serviços Urbanos Serviços Rurais

ÚLTIMAS NOTÍCIAS / ABANDONO

Quantidade de cães perambulando pelas ruas de Ubiratã é preocupante


É cada vez mais comum ao circular pelas ruas de Ubiratã encontrar animais perambulando livremente. A maioria desses animais são cães, de várias raças, que em muitas vezes ficam a mercê da própria sorte, pois seus donos não se preocupam com a maneira como o animal vive.

 

A grande quantidade de cães “abandonados” fez com que o número de cidadãos que procuram a Secretaria de Serviços Urbanos para reclamar e pedir alguma providência aumentasse consideravelmente. “As pessoas estão com medo, pois alguns desses cachorros são grandes e podem atacar os pedestres causando problemas maiores”, disse o secretário Marcos Retamiro. Outra preocupação é com relação as doenças que podem ser transmitidas por esses animais, como sarnas, micose, leishmaniose e raiva que podem infectar tanto pelo contato direto quanto pelas fezes e urina dos animais.

 

Segundo o médico veterinário da Secretaria de Meio Ambiente de Campo Mourão, Régis Civoney Canteri, é comprovado através de teses de mestrados e doutorados que apenas 3% dos animais que perambulam pelas ruas não têm donos. “A grande maioria dos animais soltos pelas ruas tem donos e casas, mas os proprietários se tornam irresponsáveis e se eximem de cuidar”, destaca Canteri.

 

O veterinário diz ainda que não é do poder público a responsabilidade de retirar os animais das ruas. “Toda a responsabilidade deve recair sobre o dono do animal. Quando comprovado abandono e maus-tratos a pessoa pode ser multada, perder a posse do animal e ainda ser enquadrada em crime ambiental que pode levar a prisão”, explica Régis. Para finalizar o médico veterinário diz que apenas 40 por cento das pessoas que tem animais realmente cuidam dos bichos.

 

Segundo estudo da Universidade Federal do Paraná (UFPR) para se calcular a quantidade de animais domésticos em um município, deve-se dividir a quantidade de pessoas por quatro. Portanto levando-se em conta essa medida estima-se que o número de animais em Ubiratã seja de 5.386, desse total 3.232 vivem pelas ruas e apenas 96 não tem dono.

 

Tendo em vista esse quadro o secretário Marcos Retamiro pede a comunidade que se conscientize no intuito de cuidar melhor do seu animal doméstico. “Quem quiser pode nos procurar que vamos juntos discutir sobre qual a melhor forma de acabar com o problema de animais soltos pela cidade”, finaliza Retamiro.

Fonte: Robson Alexandre

Data de Publicação: 13/01/2011

A preocupação da população não é só o ataque dos cães, mas as doenças que podem ser transmitidas pelos animais Credito: Robson Alexandre Levando-se em conta um estudo da UFPR estima-se que o número de animais domésticos em Ubiratã seja de 5.386 O número de cães que vivem a mercê da própria sorte é preocupante

 Galeria de Fotos

 Outras Notícias

Horário de Atendimento: Segunda à Sexta-feira: das 8h00 às 12h00 e das 13h30min às 17h00
(44) 3543-8000