Av. Nilza de Oliveira Pipino, 1852 - CEP 85440-000 | (44) 3543-8000 | ubirata@ubirata.pr.gov.br
Acessibilidade

MUNIC?PIOS

F?bio D?Al?cio participou de encontro da AMP que debateu obras em estradas rurais


Ouvir matéria

Um dos grandes problemas enfrentados principalmente pelas cidades menores tem sido com relação à conservação das estradas rurais, uma vez que o custo para se manter essas vias adequadas as necessidades dos que se utilizam das mesmas é muito alto.

 

Por esse motivo, a última reunião diretiva da AMP (Associação dos Municípios do Paraná) realizada na terça-feira (16) foi para se debater esse assunto. Além dos prefeitos, participaram da reunião, em Curitiba, os secretários estaduais de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho; Agricultura, Norberto Ortigara; os presidentes da Codapar, Silvestre Staniszewski; Emater, Udo Bublitz e o diretor de Desenvolvimento da Codapar, Jair Venduscolo. O diretor-financeiro do BRDE, Jorge Gomes Rosa Filho e o chefe operacional da Defesa Civil do Paraná, major Antônio Hiller, também participaram do encontro.

 

Para o presidente da Comcam e prefeito de Ubiratã, Fábio D’Alécio, esse é o momento ideal para se discutir o assunto, uma vez que o Governo do Estado se mostra muito propenso a trabalhar para ajudar a todos os municípios. D’Alécio diz que como a economia da região da Comcam é baseada na produção agrícola é extremamente necessário atuar para que as estradas ofereçam condições adequadas para que os produtores consigam escoar as safras com maior tranquilidade.

 

O presidente da AMP, Gabriel Samaha, disse que os prefeitos, tem muito claro quais são os problemas dos municípios e as soluções para resolvê-los; uma delas é garantir aos cidadãos o direito de ir e vir. “O objetivo desta reunião foi exatamente discutir como o governo e as prefeituras podem garantir este direito”, explicou Samaha.

 

PROGRAMA

Os presentes receberam detalhes sobre um programa que a AMP e a Codapar estão propondo, que é a implantação do Programa Estradas da Integração, que se resume em um sistema de gestão de estradas rurais com base nos conceitos de adequação, readequação e manutenção das vias. Além de permitir o tráfego das rodovias o ano todo, o programa quer atuar como instrumento de preservação dos recursos naturais, reduzindo os custos de manutenção das vias e aumentando sua vida útil.

 

O programa será coordenado pela Secretaria Estadual da Agricultura e do Abastecimento e gerenciado pela Codapar. A secretaria estadual de Infraestrutura e Logística fornecerá os equipamentos para as obras. Em quatro anos, o governo pretende criar sessenta consórcios municipais e, por meio de contratos de gestão com as prefeituras, formar patrulhas mecanizadas nos municípios.

 

Porém, antes da implantação desse programa a diretoria da AMP e da Codapar vai visitar todas as regiões do Estado.

 

CONDESCOM

Esse programa mostra que o Consórcio de Desenvolvimento da Comcam (Condescom) formatado por Fábio D’Alécio e que recebeu apoio de todos os demais prefeitos da região é realmente a melhor alternativa para que as estradas rurais estejam sempre em boas condições para o tráfego.

 

O Condescom já foi apresentado aos secretários estaduais, ao governador Beto Richa e aos deputados federais mais votados na região da Comcam. Todos que conheceram os detalhes do consórcio parabenizaram a iniciativa da Comcam e se propuseram a ajudar no desenvolvimento do Condescom.  

Fonte: Robson Alexandre/Ass. da AMP - 19 de agosto - 11:19

Data de Publicação: 19/08/2011

Garantir que as estradas rurais estejam em boas condições de tráfego foi o assunto em pauta durante a reunião da AMP Crédito: Robson Alexandre
Legenda: Garantir que as estradas rurais estejam em boas condi?es de tr?fego foi o assunto em pauta durante a reuni?o da AMP

 Galeria de Fotos

 Veja Também