Av. Nilza de Oliveira Pipino, 1852 - CEP 85440-000 | (44) 3543-8000 | ubirata@ubirata.pr.gov.br
Acessibilidade

Direito do consumidor

Telefonia celular ? campe? de reclama?es no Procon de Ubirat?


Ouvir matéria

O Procon Regional de Ubiratã esta ampliando sua área de atuação, com o objetivo de atender aos consumidores dos Municípios circunvizinhos. No mês de março foram solucionados mais de 90% das demandas apresentadas por consumidores insatisfeitos com atendimento de empresas, qualidade de produtos e serviços, entre outros casos, que totalizaram 71 atendimentos. A campeã de reclamações, mais uma vez, foi a telefonia celular com 31 casos, seguida dos serviços bancários com 11. Ainda houveram reclamações sobre informática, consórcios, aluguéis, entre outros.

 

De acordo com o coordenador do Procon em Ubiratã, Arnaldo Melo, estão sendo estudadas aplicações de sanções e multas para casos envolvendo as pequenas causas, como uma conta cobrada indevidamente, contratos irregulares, contas de água, luz, e outras, mas por enquanto os casos são resolvidos, em sua maioria, com audiências conciliatórias ou mesmo o encaminhamento para juizado de pequenas causas. “Preferimos sempre a conversa, pois as empresas tem dado respaldo para o trabalho do Procon, o que facilita os bons resultados para empresas ou prestadores de serviços e consumidores”, disse Melo.

 

Ainda de acordo com Arnaldo Melo, as empresas de telefonia, água, luz e agências bancárias disponibilizam linhas especiais para a resolução de problemas que envolvam insatisfação de consumidores. “Na maioria dos casos, tudo é resolvido rapidamente, e conseguimos resolver problemas com provedores de internet, cancelamentos de contratos sem cobrança de multas, isenção de cobranças indevidas”, ressaltou o coordenador.

 

Para as agências bancárias o procedimento mais comum é entrega da CIP (Carta de Informações Preliminares), que realta o problema e pede providências. Em alguns casos relativos a consumo de produtos e serviços de Ubiratã, Campina da Lagoa, Juranda e Anahy, abertos processos administrativos que levam, em média depois de 30 dias, à audiências conciliatórias.

 

O maior problema, atualmente, de acordo com o coordenador, são as compras pela internet, que não são efetuadas com empresas conhecidas. “Alguns consumidores adquirem um produto, mas não sabem o nome da empresa ou do vendedor virtual, dificultando bastante o trabalho do Procon”, disse Melo, que reforçou que as dúvidas dos consumidores podem ser sanadas procurando o Procon, na rua Ernesto Novaes de Souza, 1032 (antiga Biblioteca), ou pelo telefone (44) 3543-2276 e pelo e-mail PROCON@ubirata.pr.gov.br.

Fonte: Gilmar Gomes - Assessoria de Comunicação

Data de Publicação: 04/04/2013

 Galeria de Fotos

 Veja Também