Av. Nilza de Oliveira Pipino, 1852 - CEP 85440-000 | (44) 3543-8000 | ubirata@ubirata.pr.gov.br
Acessibilidade

Sa?de

Secretaria de Sa?de divulga cuidados necess?rios no inverno


Ouvir matéria

O inverno é considerado a temporada de resfriados, gripes e das famosas “ites” - rinite, sinusite, faringite, laringite, bronquite, DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica), asma e pneumonia.

 

No inverno há fatores que estimulam a ocorrência das doenças respiratórias: queda de temperatura, baixa umidade e resfriamento do ar e o contato com ácaros de roupas guardadas. Também o ambiente fechado e a ventilação reduzida facilitam a propagação de infecções e alergias.

 

As reações alérgicas (rinite, por exemplo) são causadas, em sua grande maioria, pelos ácaros – micro-organismos encontrados na poeira. Os sintomas da gripe comum e a influenza A (H1N1), são causadas por diferentes subtipos do vírus influenza. Os sintomas são muito parecidos e se confundem: febre repentina, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dores nas articulações e coriza. Deve-se procurar seu médico ou um posto de saúde quando aparecerem os sintomas.

 

Hábitos de higiene são fundamentais e devem ser incorporados à rotina de todos, já que a forma mais comum de transmissão é a direta (de pessoa a pessoa) por meio de gotículas de saliva expelidas ao falar, tossir e espirrar.

 

As principais medidas de prevenção são:

 

1- Higiene das mãos com água e sabão (depois de tossir ou espirrar, depois de usar o banheiro, antes de comer, antes de tocar os olhos, boca e nariz);

2- Evitar tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies;

3- Usar lenço de papel descartável;

4- Proteger com lenços a boca e nariz ao tossir ou espirrar, para evitar disseminação de aerossóis;

5-Orientar para que o doente evite sair de casa enquanto estiver em período de transmissão da doença (até cinco dias após o início dos sintomas);

6- Evitar aglomerações e ambientes fechados;

7- Manter os ambientes ventilados;

8- É importante que o ambiente doméstico seja arejado e receba luz solar, pois estas medidas ajudam a eliminar os possíveis agentes de infecções respiratórias;

9- Restrição do ambiente de trabalho para evitar disseminação da doença;

10- Hábitos saudáveis, como alimentação balanceada, ingestão de líquidos e atividades físicas.

11-Usar agasalho quando sair ao ar livre;

12-Evitar o acúmulo de poeira em casa;

13-Lavar e secar ao sol mantas, cobertores e blusas de lã guardadas por muito tempo.

Recomenda-se que todos os espaços fechados sejam adequadamente ventilados para reduzir o risco de propagação de gotículas, preferencialmente através de janelas abertas. Porem se não for possível manter as janelas abertas e as unidades de ar condicionado forem utilizadas para fornecer ventilação, estas devem ser corretamente projetadas e mantidas conforme recomendações dos fabricantes, conforme as normas vigentes. Ex:

-Manter limpos os componentes do sistema de climatização, tais como: bandejas, serpentinas, umidificadores, ventiladores e dutos, de forma a evitar a difusão ou multiplicação de agentes nocivos á saúde humana e manter a boa qualidade do ar interno.

-Verificar periodicamente as condições físicas dos filtros e mantê-los em condições de operação. Promover a sua substituição quando necessário.

Fonte: Gilmar Gomes - Assessoria de Imprensa

Data de Publicação: 01/07/2013

 Galeria de Fotos

 Veja Também