Av. Nilza de Oliveira Pipino, 1852 - CEP 85440-000 | (44) 3543-8000 | ubirata@ubirata.pr.gov.br
Acessibilidade

?TIMO TRABALHO

Em dois anos, bombeiro comunit?rio atende 1.021 ocorr?ncias e socorrem aproximadamente 906 v?timas em Ubirat?

De 6 de julho de 2013 e 6 de julho de 2014 foram aproximadamente 350 vítimas atendidas, 232 vítimas do sexo masculino e 118 do sexo feminino


Ouvir matéria

O Posto de Bombeiro Comunitário de Ubiratã implantado no município em 6 de julho de 2012 completou 2 anos de atuação realizando milhares de atendimentos a população. Nesse período foram contabilizadas 1.021 ocorrências, com aproximadamente 906 vítimas atendidas, sendo que 7 vítimas entraram em óbito.

 

Somente no primeiro ano, foram 732 ocorrências atendidas: Acidente em meio de transporte – 106; Atendimento pré-hospitalar – 496; Combate a incêndio – 59 (ambiental, veículos, edificação); Outras ocorrências – 71.

 

Nesse período, aproximadamente 556 vítimas foram atendidas pelos bombeiros comunitários, sendo 331 vítimas do sexo masculino e 225 do sexo feminino. Desse total de vítimas, 4 recusaram atendimento; 111 sem ferimentos; 308 com escoriações; 95 com ferimentos leves; 29 apresentaram risco de vida e 13 entraram em óbito (1 capotamento; 1 colisão com árvore; 2 por colisão de caminhão com automóvel; 6 por problemas clínicos; 1 através de ferimento arma de fogo; 1 por soterramento e 1 por outras circunstâncias.

 

Já no segundo ano de atuação do Posto de Bombeiro Comunitário, os números mostram que houve uma diminuição na quantidade de ocorrências, sendo 469 atendidas: Acidente em meio de transporte – 96; Atendimento pré-hospitalar – 289; Combate a incêndio – 47 (ambiental, veículos, edificação); Outros – 37.

 

De 6 de julho de 2013 e 6 de julho de 2014 foram aproximadamente 350 vítimas atendidas, 232 vítimas do sexo masculino e 118 do sexo feminino. Dentre essas vítimas, 4 recusaram atendimento; 50 sem ferimentos; 201 com escoriações; 57 apresentaram ferimentos leves; 18 com risco de vida e 24 entraram em óbito, sendo 1 por colisão envolvendo moto x moto; 2 por acidente com máquina; 12 por problemas clínicos; 7 através de ferimento por arma de fogo; 1 por ferimento com arma branca e 1 por queda de pessoa do mesmo nível.

 

O sargento José Carlos de Souza, gestor do Posto de Bombeiro Comunitário de Ubiratã, atribuiu a diminuição da quantidade de ocorrências atendidas se comparado o primeiro com o segundo ano de atuação devido a implantação do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). “Com a implantação do SAMU o atendimento que realizávamos quanto aos problemas clínicos passou a ser realizado por eles, pois até então nossa ambulância realizava esse serviço. Mesmo assim, no primeiro ano tivemos em média 2 ocorrências por dia e no segundo ano, a média diminuiu para 1,3. Mesmo assim, a população está satisfeito com o nosso trabalho, porque até então esse serviço prestado pelos bombeiros não existia no município”, comentou o sargento.

 

O Posto de Bombeiro Comunitário de Ubiratã trabalha ininterruptamente 24 por 48 horas contanto com um equipe de 10 pessoas divididos em grupo de 3 e atende gratuitamente pelo telefone 199 ou atendimento clinico através de 192 (SAMU).

 

Para o prefeito de Ubiratã Haroldo Fernandes Duarte, a implantação do Posto de Bombeiro Comunitário foi uma grande conquista para toda a comunidade ubiratanense. “Pelos números de ocorrências atendidas e de vitimas socorridas nesses primeiros 2 anos de bombeiros comunitários no município fica evidente a importância e a necessidade do ótimo trabalho desenvolvidos por eles”, comenta Baco

Fonte: Assessoria de Comunicação Social

Data de Publicação: 06/08/2014

 Galeria de Fotos

 Veja Também