Secretarias Administração Assist. Social Desenv. Econômico Educação e Cultura Esporte e Lazer Finanças e Planejamento Gabinete Obras Saúde Serviços Urbanos Serviços Rurais

ÚLTIMAS NOTÍCIAS / MATERNIDADE

No ano que passou o Programa Mamãe Bebê Feliz foi destaque na saúde ubiratanense


Idealizado e colocado em prática no município de Ubiratã com o objetivo de reduzir a mortalidade infantil e melhorar a qualidade do atendimento das gestantes nas Unidades Básicas de Saúde e no Hospital Santa Casa de Ubiratã, o Programa Mamãe Bebê Feliz, da Secretaria Municipal de Saúde foi um dos grandes destaques no ano passado.

 

A secretária Cristiane Pantaleão explica que os focos principais do programa são melhorar a qualidade do acompanhamento pré-natal de baixo risco e puerpério; contribuir para o aumento da adesão ao pré-natal pela gestante; informar os aspectos emocionais, culturais e sociais que envolvem o processo do nascimento (gestação, parto e puerpério), identificando o papel da mulher/parceiro e família; instruir sobre os fatores de risco que podem causar intercorrências no período gestacional, parto e puerperal; contribuir a partir do acompanhamento do pré-natal para o empoderamento da mulher no trabalho de parto e parto, a fim de que ela se torne protagonista do processo do nascimento; promover as ações de educação em saúde à mulher, companheiro e/ou família; contribuir para a promoção da gestação e maternidade segura, visando à redução dos índices de morbimortalidade materna e infantil.

 

ENTREGA DE KITS

As gestantes que atingem os critérios de acompanhamento do pré-natal recebem um KIT gestante (com bolsa, sabonete e termômetro). Os critérios são: realizar no mínimo sete consultas pré-natais e uma puerperal, participar de três Grupos Educação em Saúde, realizar todos os Exames preconizados, e serem acompanhadas pelas equipes de PSF e NASF independente da classificação de risco.

 

Antes da implantação do Programa Mamãe Bebê Feliz, Ubiratã tinha um alto índice de mortalidade infantil, se comparado com a média estadual. Em 2009 foram 7 mortes, 3 em 2010 e 5 mortes em 2011 e 2012. Com o programa, a redução na mortalidade infantil foi reduzida consideravelmente, sendo registrada uma morte infantil em 2013 por causa inevitável e nenhuma morte materna. Os dados de 2014 estão sendo finalizados e devem ser divulgados em breve.

 

De acordo com a enfermeira Laura Shiratsu Sgarioni, coordenadora do Mamãe Bebê Feliz, o programa conta com acompanhamento de diversos profissionais da área médica para obter sucesso. “Contamos com o trabalho dedicado de enfermeiro, psicólogo, nutricionista, fisioterapeuta, serviço social, clinica do bebê e do Hospital Santa Casa de Ubiratã”, destacou.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social

Data de Publicação: 12/01/2015

As gestantes que atingirem os critérios de acompanhamento do pré-natal recebem um KIT gestante (com bolsa, sabonete e termômetro) Credito: Valdir Silva O Programa Mamãe Bebê Feliz veio contribuir para o aumento da adesão ao pré-natal pela gestante

 Galeria de Fotos

 Outras Notícias

Horário de Atendimento: Segunda à Sexta-feira: das 8h00 às 12h00 e das 13h30min às 17h00
(44) 3543-8000