Av. Nilza de Oliveira Pipino, 1852 - CEP 85440-000 | (44) 3543-8000 | ubirata@ubirata.pr.gov.br
Acessibilidade

PAVIMENTA??O

No in?cio de 2014, a Administra??o Caminhando para


Ouvir matéria

No início de 2014, a Administração Caminhando para o Futuro realizou a maior licitação da história de Ubiratã: essa licitação tratou da contratação de uma empresa para executar os serviços de pavimentação e urbanização de 59.706,30 metros quadrados nos jardins Josefina I e II, em diversos trechos da cidade, incluindo vias do Distrito de Yolanda. A empresa Construtora Coguetto Maria Ltda realizou uma proposta no valor de R$ 3.557.384,75 (R$ 240.899,21 reais a menos que a segunda colocada), sendo homologada como a vencedora da licitação.

 

Os trabalhos iniciaram em junho do ano passado e a previsão era de que em dezembro de 2014 (7 meses depois) fossem concluídos, porém a construtora apresentou dificuldades na execução dos serviços, com lentidão e em muitos casos iniciando e não concluindo certos trechos. Isso fez com que a administração municipal fizesse algumas notificações visando maior agilidade, entretanto a empresa se justificava, dizendo estar dentro do cronograma.

 

De acordo com o secretário de Obras, Reginaldo Retamero, no final de 2014, a empresa assumiu a culpa pelo demora e pediu um prazo de 60 dias para conclusão dos serviços. "Aumentamos o prazo de dois meses para 150 dias porque queríamos que os trabalhos fossem finalizados", disse, ressaltando que após o término desse prazo, a administração voltou a notificar a referida empresa. "Em maio, após uma nova medição conclui-se que dos 59.706,30 m², apenas 43,36% haviam sido feitos, muito aquém do que poderia ter sido feito com tanto prazo concedido", ressaltou o secretário, informando que até 15 de maio, o que a construtora havia executado foi pago, valor correspondente a R$ 1.580.429,31 reais, aproximadamente 43% do valor total da obra.

 

Com base nessa medição, na lentidão e atraso na execução dos serviços, na paralisação da obra sem justificativa e por descumprir cláusulas contratuais, além de outras falhas técnicas, a Administração Caminhando para o Futuro, com base em fundamentação legal, de acordo com as leis, resolveu rescindir unilateralmente o contrato com a empresa Coguetto Maria LTDA.

 

A rescisão foi assinada pelo prefeito Haroldo Fernandes Duarte e publicada no Jornal Oficial do Município, no último dia 29 de maio. "Tivemos que rescindir o contrato porque a empresa deixou muito a desejar, não cumprindo o cronograma, prejudicando a população que tanto espera por esse asfalto. Reincidimos pelo bem da cidade e dos munícipes que residem nessas localidades", comentou Baco, informando que além da rescisão será aplicada também uma multa para a empresa. "Pedimos a compreensão da população, pois agora, temos que aguardar os prazos e trâmites legais para realizar uma nova licitação, para que outra empresa possa dar continuidade e terminar obras que estão paralisadas", disse Baco.

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social

Data de Publicação: 11/06/2015

No início de 2014, a Administração Caminhando para Crédito: Valdir Silva
Legenda:

 Galeria de Fotos

 Veja Também