Av. Nilza de Oliveira Pipino, 1852 - CEP 85440-000 | (44) 3543-8000 | ubirata@ubirata.pr.gov.br
Acessibilidade

DENGUE MATA

Se você já contraiu dengue deve multi


Ouvir matéria

Se você já contraiu dengue deve multiplicar os cuidados para não ter novamente a doença, pois os riscos de complicações aumentam consideravelmente. Se você ainda não teve, faça também sua parte para não contrair essa grave doença que mata. Se o quintal da sua casa está naquele estado deplorável, não basta apenas fechar a porta para fingir não ver a bagunça. Limpeza e organização são as ações que melhor definem a ação contra a dengue. Não espere o seu vizinho começar, ou você ficar doente para limpar, é necessário ação imediata.

 

Existem quatro tipos do vírus da dengue: O DEN-1, o DEN-2, o DEN-3 e o DEN-4. Eles causam os mesmos sintomas. A diferença é que, cada vez que você pega um tipo do vírus, não pode mais ser infectado por ele. Ou seja, na vida, uma pessoa só pode ter dengue quatro vezes. Nos casos mais graves, a doença pode ser hemorrágica ou fulminante, levando à morte. Os principais sinais de alerta da doença são dor intensa na barriga, sinais de desmaio, náusea que impede a pessoa de se hidratar pela boca, falta de ar, tosse seca, fezes pretas e sangramento.

 

Em Ubiratã, de janeiro a 10 de setembro, foram notificados 157 casos de dengue, sendo que 45 foram confirmados como casos clássicos da doença, um caso foi classificado como ‘dengue com complicações’, 3 casos ainda não se tem o resultado oficial e 108 foram descartados. O que chama a atenção é que a maior incidência de casos da doença ocorreu no mês de abril onde 24 pessoas contraíram a doença; em maio foram 8, em junho 5 e em julho 6 casos, tudo isso em meses com temperaturas características de inverno, o que teoricamente desmistifica a não ocorrências de dengue em períodos mais frio e reforça um maior cuidado com a chegada da nova estação: a primavera, que traz consigo dias mais quentes e também maior probabilidade de proliferação do mosquito transmissor.

 

O trabalho de prevenção é realizado pela Secretaria de Saúde durante todo o ano, entretanto o trabalho dentro dos quintais, das casas, das empresas e terrenos particulares é de responsabilidade dos proprietários e moradores e deve ser feito pela população.

 

Ubiratã conta com uma equipe composta por 12 agentes de combate a dengue, além de supervisor e coordenador, que trabalham diariamente com a prevenção e também conscientizando o cidadão da importância dos cuidados a serem tomados para se evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypt e consequentemente do aumento de casos da doença no município.

 

De janeiro a agosto foram aplicadas 112 multas relacionadas a dengue. Entre notificação (quando tem alguém na residência) e comunicado (quando não tem ninguém na residência) foram efetuados 524 autuação em residências onde encontraram-se focos do mosquito.

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social

Data de Publicação: 11/09/2015

 Galeria de Fotos

 Veja Também