Av. Nilza de Oliveira Pipino, 1852 - CEP 85440-000 | (44) 3543-8000 | ubirata@ubirata.pr.gov.br
Acessibilidade

AGORA É OFICIAL

O departamento de Economia Rural (Deral) divulgou


Ouvir matéria

O departamento de Economia Rural (Deral) divulgou na última semana o relatório final do Valor Bruto da Produção (VBP) Agropecuário do Paraná. E o resultado final apenas confirmou a estimativa apresentada pelo órgão no mês julho, ou seja, Ubiratã é sim campeão em receita agrícola dentre todos os 25 municípios da região da Comcam.

 

Em 2014, o agronegócio ubiratanense gerou, da porteira da fazenda ou do sítio para dentro, R$ 425.667.968,26. Em todo o Estado, o município com maior VBP é Toledo. Em Ubiratã, se for diluído por população – IBGE 2010 – o VBP por pessoa é de R$ 19.745,24.

 

Esse valor que tornou Ubiratã campeã na Comcam gira em torno de três principais atividades agropecuárias: soja, frango e milho, que respondem por 93% do valor. A soja representou 44%, seguida do frango de corte com 29% e pelo milho com 20%. O trigo representa 3% de todo VBP ubiratanense.

 

Na Comcam, os dois municípios com população maior: Campo Mourão e Goioerê geraram respectivamente R$ 305.138.357,00 e R$ 247.618.097,04, ou seja, Campo Mourão produziu R$ 120.529.611,26 a menos que os ubiratanenses, assim como Goioerê que teve déficit em relação a Ubiratã de R$ 178.049.871,22.

 

EM ÉPOCA DE CRISE - O vigor do agronegócio se multiplica na economia municipal, com a geração de empregos e renda, e tem ajudado a driblar a crise econômica nacional. O agronegócio responde por grande percentual dos empregos na cidade. O dinheiro da venda do campo aquece as vendas do comércio e dos serviços, criando benefícios em outros segmentos.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social

Data de Publicação: 08/10/2015

 Galeria de Fotos

 Veja Também