Av. Nilza de Oliveira Pipino, 1852 - CEP 85440-000 | (44) 3543-8000 | ubirata@ubirata.pr.gov.br
Acessibilidade

REFERÊNCIA

Programa Cidades Sustentáveis: Ubiratã, o município que mais avançou na elaboração de seus indicadores


Ouvir matéria

No dia 15 de fevereiro de 2017 Ubiratã esteve representada pelo Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Sustentável no evento que aconteceu no SESC Consolação, na capital Paulista, denominado I Encontro do Programa Cidades Sustentáveis com as prefeituras signatárias, gestão 2017-2020.

 

Ubiratã foi convidada, pois é o município que mais avançou na elaboração e atualização de seus indicadores locais e também pela experiência demonstrada nos anos anteriores. Segundo o Secretário Antonio Magron, isso só está sendo possível porque, em Ubiratã existe grande interação entre todas as secretarias que colaboram para a construção do Portal Ubiratã Cidades Sustentáveis (www.ubirata.pr.gov.br – link Ubiratã Cidades Sustentáveis), com informações, dados e divulgação das 42 boas práticas do município, algumas delas premiadas no Estado e nacionalmente. 

 

Informações e ferramentas relevantes foram disponibilizadas no Encontro, a exemplo do Anexo GPS/Indicadores e Orientações para a elaboração de Planos de Metas, cujo material apresenta os 260 indicadores básicos do Programa Cidades Sustentáveis e sua correlação com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), incluindo as metas propostas pela ONU.

 

Ainda foram apresentado o Programa de Capacitação do Programa e da nova Plataforma do Programa Cidades Sustentáveis, alinhada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), algo que Ubiratã já vem desenvolvendo há tempos.

 

Outras contribuições importantes foram a distribuição do Guia de Ação Local para o Clima - Produzido em parceria pelo ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade, Secretariado para América do Sul e pelo Programa Cidades Sustentáveis, com apoio da Fundação Konrad Adenauer, o guia orientador para construção de Mapas da Desigualdade nos municípios brasileiros, incentivando os municípios brasileiros a reunirem os indicadores e concretizarem seus próprios mapas da desigualdade; a apresentação da publicação do material para Acesso à Justiça no Brasil: Índice de Fragilidade dos Municípios que sistematiza os dados existentes sobre o tema e propõe um índice para medir o nível de acesso à Justiça em cada município do país.

 

“Como o Programa Cidades Sustentáveis ingressou em uma nova etapa, agora com foco e prioridade na implementação e municipalização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) no Brasil a partir de 2017 e Ubiratã é referência estadual na utilização dos ODS em sua estratégia de governo municipal, estamos mais preparados para a potencialização das ações previstas no Programa, enfatiza o secretário Magron.

 

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), ou "Agenda 2030", aprovados em setembro de 2016 pela Assembleia Geral da ONU –, reúnem 17 macro objetivos e 169 metas com o propósito de acabar com a pobreza até 2030 e promover universalmente a prosperidade econômica, o desenvolvimento social e a proteção ambiental.

 

Neste contexto, o Programa Cidades Sustentáveis incorporou os objetivos e as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável em sua plataforma, incluindo aquelas que poderão ser implementadas em nível municipal e regional - justamente onde as prefeituras têm o protagonismo central dessa governança. A nova plataforma online já está disponível para as prefeituras que aderirem ou renovarem a adesão ao Programa.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social

Data de Publicação: 02/03/2017

 Galeria de Fotos

 Veja Também