Secretarias Administração Assist. Social Desenv. Econômico Educação e Cultura Esporte e Lazer Finanças e Planejamento Gabinete Obras Saúde Serviços Urbanos Serviços Rurais

ÚLTIMAS NOTÍCIAS /

Conheça como funciona a triagem e a estratificação de risco na saúde de Ubiratã, protocolo referência em todo mundo


Durante os anos de 2017 e 2018 as unidades de Saúde do Município de Ubiratã intensificaram a classificação de risco dos seus Usuários, seja para condições crônicas como para condições agudas, que precisam ser atendidas no mesmo dia.

 

Essa classificação de risco, ou estratificações, são baseadas em documentos construídos pelos profissionais que mais entendem de cada assunto no Brasil e no Mundo. Existe Estratificação para as Gestantes, Crianças, Idosos, Hipertensos, Diabéticos e Pessoas que passam por transtornos mentais, enfim, para toda a família. Além da classificação dos atendimentos do dia, que também chamamos de Triagem.

 

A Triagem, serve para que as pessoas que vieram para atendimentos agudos, aqueles que precisam ser feitos hoje, sejam organizados na fila, por exemplo, uma criança que tem febre, um idoso com a pressão muito alta ou uma gestante com fortes dores precisam ser atendido antes que alguém que tenha uma dor leve, ou que queira somente fazer um pedido de exame para o médico. É importante entendermos hoje a classificação de risco pode deixa alguém para depois na fila, porém amanhã essa pessoa, ou alguns de seu familiares, sejam a prioridade do atendimento, e passará ‘na frente’. Não fique com dúvidas, pergunte para os profissionais de saúde qual a ordem dos atendimentos e até mesmo o motivo desta organização.

 

Já a Estratificação de Risco de casos crônicos tem o objetivo de investigar o quão grave aquela condição de saúde é para aquela pessoa. Para entender esse caso podemos pensar que mesmo que duas pessoas tenham a mesma doença, como a diabetes, por exemplo, uma delas consegue resolver somente controlando a alimentação, outra precisará de medicamentos e uma terceira pessoa precisará tomar insulina todos os dias. Ou seja, a mesma doença pode ser mais graves para uns e menos graves para outros, e isto precisa ser levado em consideração na hora de pedir exames, marcar consultas, solicitar transporte e prescrever medicações. Por isto a nossas unidades trabalham intensamente para conhecer como é cada morador do município.

 

A Secretaria de saúde convida você para ir até sua unidade, conhecer qual o risco das suas condições crônicas. Procure um profissional de Saúde e pergunte a ele sobre o Assunto. A Secretaria Municipal de Saúde vem trabalhando para melhor atender cada um dos moradores e tem imensa satisfação em explicar cada parte desse processo. Fale conosco, diretamente nas unidades ou se preferir pela Ouvidoria Municipal, que é nosso portal para sugestões, elogios, reclamações e até mesmo denúncias.  Ouvidoria SMS Ubiratã: (44) 3543-1754.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social - Prefeitura de Ubiratã

Data de Publicação: 11/10/2018

 Galeria de Fotos

 Outras Notícias

Horário de Atendimento: Segunda à Sexta-feira: das 8h00 às 12h00 e das 13h30min às 17h00
(44) 3543-8000 / Fax: (44) 3543-3597