Av. Nilza de Oliveira Pipino, 1852 - CEP 85440-000 | (44) 3543-8000 | ubirata@ubirata.pr.gov.br
Acessibilidade

IEGM - Ubiratã fica em 30º lugar entre as 5.570 cidades brasileiras


Ouvir matéria

Recentemente, o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR), divulgou um índice que mede a qualidade dos gastos públicos dos municípios paranaenses. Ubiratã ficou com nota B+ (79.25) com o ranking nacional na 30ª colocação, e Curitiba, na posição 48º com nota B+( 78.3 ), o que significa qualidade de gastos “muito efetiva”, segundo os critérios do levantamento.

 

Ubiratã a nível estadual alcançou a 12ª colocação, outras grandes cidades paranaenses, não tiveram o mesmo desempenho. Das maiores cidades, Ponta Grossa ficou na 55ª posição, Maringá em 17ª, Cascavel na 213ª, Londrina em 47ª e Campo Mourão em 58ª.

 

O IEGM (Índice de Efetividade de Gestão Municipal) avalia sete áreas: educação, saúde, planejamento, gestão fiscal, meio ambiente, tecnologia da informação e planejamento contra desastres naturais.

 

De acordo com o IEGM Brasil, um dos objetivos da iniciativa é permitir a comparação entre os municípios brasileiros, possibilitando a identificação das melhores práticas na administração pública.

 

O índice de cada cidade é extraído de uma combinação de itens coletados em dados governamentais, outros oriundos dos sistemas de fiscalização e também informações dos questionários enviados às prefeituras.

 

ORIGEM

O IEGM foi criado pelo Tribunal de Contas de São Paulo, utilizando-se da Rede Nacional de Indicadores Públicos, sendo difundido posteriormente pelos demais tribunais. O TC paranaense aderiu ao levantamento em abril de 2017.

 

Órgão de estudos dos Tribunais de Contas brasileiros, o Instituto Rui Barbosa é responsável por consolidar as informações apuradas pelos TCs dos estados participantes e do Distrito Federal.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social - Prefeitura de Ubiratã

Data de Publicação: 09/06/2020

 Galeria de Fotos

 Veja Também