Av. Nilza de Oliveira Pipino, 1852 - CEP 85440-000 | (44) 3543-8000 | ubirata@ubirata.pr.gov.br
Acessibilidade

INVIABILIDADE FINANCEIRA

Piso dos professores e gerenciamento de ilumina??o p?blica podem causar ?nus em 70% dos munic?pios


Ouvir matéria

Durante a reunião da Associação dos Municípios do Paraná (AMP) com os representantes das 18 associações regionais do Estado, ocorrida na terça-feira (31) em Curitiba, dois assuntos importantes e fundamentais para o equilíbrio da situação financeira dos municípios foram debatidos.

 

O primeiro assunto trata do piso salarial dos professores, que deve aumentar em 22%, elevando o valor para R$ 1.450,00. Segundo estimativas pelo menos 70% dos municípios do Paraná poderão se inviabilizar financeiramente se a lei for cumprida à risca. Mesmo reconhecendo a importância em se valorizar o magistério é preciso achar uma forma de resolver o problema, pois será imprescindível para o cumprimento da lei usar recursos livres para fechar a conta, o que significa que outras áreas serão prejudicadas.

 

O segundo assunto discutido foi com relação a denúncia do deputado federal João Arruda (PMDB-PR) de que a Copel não deverá seguir a orientação da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) e antecipará a transferência do gerenciamento de iluminação pública a pequenos municípios do Paraná. Isto deverá aumentar as despesas dos municípios na ordem de 30%, causando ainda mais problemas financeiros. Os presidentes das associações regionais decidiram convocar uma reunião com a Copel para discutir o assunto.

Fonte: Robson Alexandre - 3 de fevereiro - 11:12

Data de Publicação: 03/02/2012

Os representantes das associações regionais reuniram-se em Curitiba na terça-feira Crédito: Assessoria da AMP
Legenda: Os representantes das associa?es regionais reuniram-se em Curitiba na ter?a-feira

 Galeria de Fotos

 Veja Também