Av. Nilza de Oliveira Pipino, 1852 - CEP 85440-000 | (44) 3543-8000 | ubirata@ubirata.pr.gov.br
Acessibilidade

SA?DE

Ubiratanenses que v?o ? Curitiba em tratamento m?dico tem na capital toda uma estrutura oferecida gratuitamente pelo munic?pio


Ouvir matéria

Os ubiratanenses de todas as idades que necessitam de tratamento médico especializado encontram em Curitiba, cidade que concentra a maior parte dos serviços especializados de saúde no Estado, a esperança para a tão desejada cura.

 

Em média, Ubiratã encaminha para Curitiba, 30 pacientes por semana, que percorrem 1.300 quilômetros por viagem em busca de tratamento médico de diversas especialidades. São duas idas semanais, o que representa que pelo menos 200 ubirataneses são atendidos por mês na capital paranaense.

 

Na esteira desse fluxo de pacientes, a administração Caminhando para o Futuro, através da Secretaria de Saúde, mantém na capital, convênio com uma casa de apoio, na qual os pacientes podem pernoitar e se alimentar durante o período em que permanecem na cidade, sem pagar nada.

 

O local, que além de Ubiratã, mantém contrato por licitação com outros 217 municípios do Paraná oferece estadia, café da manhã, almoço e jantar, além de transporte para os mais diversos hospitais da cidade. Os ubirataneses que vão a Curitiba em busca de tratamento médico não pagam nada. Em média, o município de Ubiratã repassa à Casa de Apoio Ideal R$ 40 por diária de paciente acolhido, representando investimento de R$ 6.000 reais mensais, além dos custos com combustíveis que gira em torno de R$ 400,00 por cada viagem a Curitiba.

 

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Cristiane Martins Pantaleão, Curitiba é referência em diversas especialidades médicas e por isso muitos ubiratanenses se deslocam até a capital para tratamento. “A administração municipal oferece gratuitamente todas as condições para que os pacientes se dirijam até Curitiba e recebam o tratamento médico especializado que necessitam, desde o transporte até a estadia com pernoite e alimentação”, comentou Cristiane.

 

Para o prefeito Haroldo Fernandes Duarte, a saúde da população é uma das principais prioridades de seu governo. “Ubiratã dispõe de uma ótima estrutura de saúde com excelentes profissionais para atender a população, porém quando há a necessidade de um tratamento mais especializado, o município também oferece todas as condições para que os munícipes recebam o tratamento adequado”, relata Baco.

 

 

CASA DE APOIO

Os números da Casa de Apoio Ideal lembram os de um batalhão: são 408 camas, 50 funcionários e refeitório para 150 pessoas. Só de arroz, são preparados 50 quilos por dia. O estabelecimento começou as atividades há 15 anos, em uma casa de esquina. Hoje, o prédio abrange outras dez casas vizinhas, emendadas à primeira.

 

 

ESPECIALIDADES

Os paciente de Ubiratã que se deslocam para Curitiba, em sua maioria, buscam por tratamento médico nas seguintes especialidades: otorrinolaringologista; ortopedia; oftalmologia; neurologia; urologia; cardiologia; oncopediatria; nefrologia; gastrologia; cirurgia vascular, entre outras.

 

 

EM BUSCA DE SAÚDE

“Faz um ano que fiz transplante de rim, porém já há 12 anos que venho para Curitiba. Sempre sou muito bem atendido aqui. Fico na casa de apoio e não pago nada, pode vir sem nenhum dinheiro, que come, tem pouso e transporte sem custo nenhum, por isso agradeço todo esse apoio que recebemos do prefeito de Ubiratã”.

 

Osvaldo Ferreira Lopes  “Vavá”, 58 anos

 

“Venho sempre para Curitiba trazer meu filho que faz tratamento médico. Ele tem 1 ano e 9 meses e necessita de acompanhamento e toda vez que venho para cá fico hospedada na casa de apoio. Aqui tem toda a estrutura para nós, me sinto muito bem, é como se fosse minha segunda casa, temos uma ótima estadia com alimentação, local para tomar banho, para descansar. E o transporte de Ubiratã que nos traz para Curitiba é muito bom também”.

 

Andréia Bezerra Pereira da Silva, 37 anos

Fonte: Assessoria de Comunicação Social

Data de Publicação: 01/08/2014

Andréia Bezerra Pereira da Silva, 37 anos, acompanha seu filho de 1 ano e 9 meses em Curitiba Crédito: Valdir Silva
Legenda: Andr?ia Bezerra Pereira da Silva, 37 anos, acompanha seu filho de 1 ano e 9 meses em Curitiba

 Galeria de Fotos

 Veja Também