Av. Nilza de Oliveira Pipino, 1852 - CEP 85440-000 | (44) 3543-8000 | ubirata@ubirata.pr.gov.br
Acessibilidade

PREVEN??O

HIV ? a sigla em ingl?s do v?rus da imunodefici?nc


Ouvir matéria

HIV é a sigla em inglês do vírus da imunodeficiência humana. Causador da AIDS, ataca o sistema imunológico, responsável por defender o organismo de doenças. As células mais atingidas são os linfócitos T CD4+. E é alterando o DNA dessa célula que o HIV faz cópias de si mesmo. Depois de se multiplicar, rompe os linfócitos em busca de outros para continuar a infecção.

 

Ter o HIV não é a mesma coisa que ter a AIDS. Há muitos soropositivos que vivem anos sem apresentar sintomas e sem desenvolver a doença. Mas, podem transmitir o vírus a outros pelas relações sexuais desprotegidas, pelo compartilhamento seringas contaminadas ou de mãe para filho durante a gravidez e a amamentação. Por isso, é sempre importante fazer o teste e se proteger em todas as situações.

 

Saber do contágio pelo HIV precocemente aumenta a expectativa de vida do soropositivo. Quem busca tratamento especializado no tempo certo e segue as recomendações do médico ganha em qualidade de vida. Além disso, as mães soropositivas têm 99% de chance de terem filhos sem o HIV se seguirem o tratamento recomendado durante o pré-natal, parto e pós-parto. Por isso, se você passou por uma situação de risco, como ter feito sexo desprotegido ou compartilhado seringas, faça o exame!

 

O diagnóstico da infecção pelo HIV é feito a partir da coleta de sangue. Em Ubiratã, os testes rápidos, que detectam os anticorpos contra o HIV é feito em até 30 minutos. "É coletado uma gota de sangue da ponta do dedo e são realizados gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), nas unidades de saúde com agendamento prévio. Além da coleta e da execução dos testes, há um processo de aconselhamento, antes e depois do teste, para facilitar a correta interpretação do resultado pelo paciente", explica a responsável pela vigilância epidemiológica, Nagile Muhieddine Akkache.

 

Em Ubiratã, no ano de 2011, foi registrado 3 exames positivos de HIV em pessoas residentes no município; em 2012 foram 4 casos, sendo 2 em gestantes; no ano de 2013 registrou-se 5 casos (1 em gestante); em 2014 foram 5 casos, sendo 1 em gestante e no ano de 2015, somente no primeiro semestre já são 6 casos confirmados. 

 

SIFILIS

Sífilis é uma doença sexualmente transmissível (DST) causada pela bactéria Treponema pallidum. A sífilis é um mal silencioso e requer cuidados. Após a infecção inicial, a bactéria pode permanecer no corpo da pessoa por décadas, para só depois manifestar-se novamente.

 

Os sintomas da sífilis se manifestam entre uma e 12 semanas após a infecção, começando com o aparecimento de uma ferida na região genital que não sangra e é indolor, mas que, quando friccionada, libera um líquido transparente.

 

No entanto, os sintomas da sífilis são diferentes dependendo do tempo de infecção e, por isso, a sífilis é classificada como sendo primária, secundária ou terciária. Além disso, a sífilis também pode ser congênita, que é quando o bebê nasce de uma mãe contaminada com a doença.

 

A sífilis tem cura, no entanto, o tratamento deve ser iniciado o mais rapidamente possível para evitar o surgimento de complicações graves no cérebro, nervos, olhos, por exemplo.

 

Em Ubiratã, no ano de 2011, uma gestante apresentava a doença sífilis; em 2012, eram 3 pessoas entre homens e mulher (1 gestante); em 2013, 3 pessoas (2 gestantes) e no ano de 2014, aumentou para 10 pessoas com sífilis, sendo 5 gestantes e um recém nascido; até maio de 2015, já são 4 casos confirmados, sendo 2 em gestantes. 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social

Data de Publicação: 17/06/2015

HIV é a sigla em inglês do vírus da imunodeficiênc Crédito: Divulga??o
Legenda:

 Galeria de Fotos

 Veja Também