Av. Nilza de Oliveira Pipino, 1852 - CEP 85440-000 | (44) 3543-8000 | ubirata@ubirata.pr.gov.br
Acessibilidade

REPRESENTATIVIDADE

A secretária municipal de Saúde, Cri


Ouvir matéria

A secretária municipal de Saúde, Cristiane Martins Pantaleão, participou em Brasília, representando o CONASEMS, de uma comissão de análise do projeto de Emenda Constitucional 01/2015, que tem como objetivo aumentar os recursos para saúde. A reunião foi na Câmara dos Deputados com a participação da confederação nacional dos municípios, parlamentares e CONASEMS.

 

Ainda na capital federal, Cristiane participou de uma reunião em com secretários municipais de saúde representando todos os estados do Brasil para encaminhar ações que busquem a melhora do repasse federal de recursos financeiros para a saúde nos municípios. Dentre algumas ações, uma delas foi publicar um manifesto em defesa ao SUS - Sistema Único de Saúde.

 

Este manifesto será divulgado também no encontro que aconteceu na segunda-feira (28), em Curitiba, com a participação de prefeitos, secretários de saúde, Secretaria Estadual de Saúde e deputados federais e estaduais, visando mobilizar todos em defesa do SUS. Neste encontro ficou definido que os prefeitos do Paraná vão pedir o apoio dos 33 deputados federais e senadores do Estado na viabilização de uma agenda com o ministro da Saúde, Arthur Chioro, para tentar garantir o atendimento de uma lista prioritária de reivindicações que será entregue ao Governo Federal.

 

Entre as áreas que deverão ser elencadas estão a ampliação da Rede Cegonha para todo o Paraná (projeto do Ministério da Saúde que assegura às mulheres o direito ao planejamento reprodutivo e a atenção humanizada à gravidez, ao parto e ao puerpério) e a ampliação de recursos e/ou o pagamento de dívidas relativas à Rede de Urgência e Emergência, saúde mental, compra de medicamentos e o SAMU.

 

A decisão foi tomada durante reunião de prefeitos de todas as regiões do Estado - liderada pelo presidente da AMP (Associação dos Municípios do Paraná) e prefeito de Assis Chateuabriand, Marcel Micheletto - com o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto. A presidente do COSEMS/PR, Cristiane Pantaleão também participou da reunião, onde as lideranças fizeram um diagnóstico da crise da saúde no Estado e elencaram alguma das reivindicações prioritárias que serão apresentadas no encontro com o ministro. O consenso foi de que a crise enfrentada pelos municípios na saúde é séria e sofreu um agravamento tanto pela redução de receitas quanto pelo aumento dos encargos das prefeituras. Na grande maioria dos casos, os municípios investem muito mais que os 15% do orçamento exigidos por lei na área.  

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social

Data de Publicação: 29/09/2015

 Galeria de Fotos

 Veja Também